“Projeto atual para a educação não atende os trabalhadores”

Atualizado em 09 de Abril de 2019 às 13h58

“Projeto atual para a educação não atende os interesses dos trabalhadores”. A afirmação foi feita por Antonio Gonçalves, presidente do ANDES-SN, em entrevista ao programa Editoria da Rádio da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) - 107,9. O docente respondeu perguntas sobre os cortes no orçamento da Educação e da Ciência e Tecnologia. E também sobre o impacto que essas e outras medidas do governo têm para a população. “Vemos se concretizar um projeto que não é de interesse da classe trabalhadora”, afirmou.

Segundo o presidente do ANDES-SN, os recentes cortes nos orçamentos da Educação e Ciência e Tecnologia vão inviabilizar a produção de conhecimento no país. “O corte no orçamento de C&T significa dizer que muitas pesquisas que estão em curso serão paralisadas, e muitas pesquisas que contribuem para a melhoria das condições de vida de nosso povo serão interrompidas”, avaliou.

Para Gonçalves, esses ataques fazem parte de um projeto desmonte dos serviços públicos, ataque aos servidores e de reconfiguração do Estado nacional para remunerar o capital financeiro.

Confira abaixo a íntegra da entrevista.

Compartilhe...

Outras Notícias
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
EVENTOS