CEDOC: espaço de registro histórico das lutas do ANDES-SN

Atualizado em 19 de Fevereiro de 2019 às 13h50

Localizado no terceiro andar, ao lado do auditório, o Centro de Documentação (CEDOC) é um importante espaço de registro histórico das lutas do ANDES-SN. Além de um grande arquivo de documentos, cartazes, bandeiras e fotografias, o CEDOC também tem uma biblioteca e uma sala de leitura. O espaço é aberto para consultas e pesquisas, tanto para docentes filiados ao ANDES-SN, como para pesquisadores em geral. Os interessados em realizar pesquisas no CEDOC devem enviar email para cedoc@andes.org.br solicitando informações.

Erlando e Roseni, responsáveis pelo CEDOC

“O CEDOC tem um sentido muito importante para o ANDES-SN. Ele faz o registro da história do movimento docente, da memória das lutas ao longo dos anos. Nosso maior foco é que esse registro não se perca e que seja publicizado”, comenta Erlando Rêses, coordenador do trabalho no centro. “A nossa organização, muitas vezes, fica confiante na memória das pessoas e isso não é bom. A memória falha, a gente registra o que quer. O registro documental ajuda a fazer esse resgate”, completa o docente.

Atualmente, o foco do CEDOC é a gestão de documentos do Sindicato Nacional. Contando com o trabalho de uma arquivista e de uma estagiária, o centro higieniza, classifica, acondiciona e sistematiza documentos novos e antigos. A arquivista, Roseni Ximenes, é responsável por responder as solicitações de consulta ao acervo do CEDOC. “Recebemos solicitações de pesquisadores por email ou pessoalmente. Mandamos por email os materiais que já estão digitalizados. Os pesquisadores também podem vir ao CEDOC para consultar o acervo, mas não podem levar os materiais”, explica Roseni. Ela também cuida do tratamento do acervo do ANDES-SN. Um dos projetos do CEDOC é produzir uma linha do tempo contando a história do sindicato. A linha será disponibilizada no site do ANDES-SN. 

CEDOC tem em seu acervo os cartazes de todos os Congressos do ANDES-SN

Projeto Memória

O CEDOC também está construindo o Projeto Memória, de acordo com deliberação do 37º Congresso do ANDES-SN. O projeto está em sua fase inicial, que inclui a gestão de documentos antigos e novos, entre outras ações. O Projeto Memória é organizado pelo CEDOC em conjunto com o Grupo de Trabalho de História do Movimento Docente (GTHMD).

No futuro, será realizada uma pesquisa baseada em relatos de história oral. Serão realizadas entrevistas com pessoas de referência do movimento docente, que conhecem a história do ANDES-SN. As entrevistas serão disponibilizadas no site ANDES-SN, para contar a história do Sindicato Nacional a partir das vivências e experiências da categoria docente.

CEDOC leva o nome de Osvaldo de Oliveira Maciel, primeiro presidente do ANDES-SN

Nome do CEDOC é homenagem ao primeiro presidente do ANDES-SN

Desde outubro de 2013, o CEDOC leva o nome de Osvaldo de Oliveira Maciel. A homenagem foi uma deliberação do 30º Congresso do ANDES-SN, realizado em Uberlândia (MG) em 2011.

Osvaldo foi o primeiro presidente do ANDES, em 1982, quando a entidade ainda era uma associação. Ele também foi um dos fundadores da Associação dos Professores da Universidade Federal de Santa Catarina (Apufsc). Ele era docente Titular do departamento de Ciências Fisiológicas, do Centro de Ciências Biológicas da UFSC. Maciel faleceu em 12 de dezembro de 2005.

CPAD

Uma novidade no ANDES-SN é a Comissão Permanente de Avaliação de Documentação (CPAD). A comissão terá como objetivo realizar a gestão de documentos do Sindicato Nacional.

Outras Notícias
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
EVENTOS